sábado , 16 dezembro 2017
Início >> Notícias >> Programa de Empreendedorismo Sustentável chega a 40 mil serviços em pouco mais de dois anos de atividade

Programa de Empreendedorismo Sustentável chega a 40 mil serviços em pouco mais de dois anos de atividade

A iniciativa promove o apoio aos micro e pequenos empreendedores em cinco eixos

O Programa ganhou mais duas Salas do Empreendedor neste mês de março/2016

Apoiar a sustentabilidade dos pequenos negócios. Esse é o principal objetivo do Programa de Empreendedorismo Sustentável, desenvolvido pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE) desde janeiro de 2014. Em pouco mais de dois anos de atividade, a ação prestou mais de 40 mil atendimentos, dobrando a meta inicial estabelecida prevista para 30 mil em três anos. A iniciativa promove o apoio aos micro e pequenos empreendedores nos eixos de formalização de negócios, capacitação em gestão empresarial, consultoria contábil, acesso ao microcrédito e acesso à comercialização de produtos e serviços.

Segundo o secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Robinson de Castro, a perspectiva é aumentar ainda mais o número de serviços. “O Programa de Empreendedorismo Sustentável apresenta bons resultados, o que vem gerando um impulso significativo na situação das empresas localizadas em Fortaleza”, destaca.

Em relação ao eixo formalização de negócios, Fortaleza ocupa, atualmente, o 6º do Brasil dentre as capitais.

Em março, o Programa adquiriu mais duas Salas do Empreendedor, instaladas na Faculdade Cearense (FAC) e Faculdade Integrada da Grande Fortaleza (FGF). Além das novas salas, o atendimento acontece na Unidade Móvel do Programa, e nas Salas do Empreendedor, localizadas nas Secretarias Regionais e no Vap Vupt da Messejana.

O atendimento aos micro e pequenos empreendedores acontece das 8h às 12h e de 13h às 17h. Mais informações: 0800.081.4141.

Sobre Rose Meusburger

Veja também

Alunos de tecnologia realizam projetos sustentáveis com base na inovação

Com o tema de “Cidades Sustentáveis”, a sexta edição Dia T contou com as tradicionais competições, como a ponte de macarrão - pela qual ganha a que aguentar mais peso -, e a corrida de barquinhos e pretendeu mostrar aos alunos e futuros estudantes da Universidade as várias vertentes da área da tecnologia e as possibilidades de integração e sustentabilidade nos processos de criação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *