sábado , 24 junho 2017
Início >> Nossas ações >> I Encontro Amazônico de Economia Criativa – junho/17 (Belém-PA)

I Encontro Amazônico de Economia Criativa – junho/17 (Belém-PA)

O I Encontro Amazônico de Economia Criativa será realizado nos dias 22 e 23 de junho no espaço Oficinas Curro velho, a programação inicia às 9h e segue té às 17h nos dois dias de evento. O encontro tem por finalidade abrir um grande debate acerca da dinamização e atuação da Economia Criativa de Belém.

As atividades irão funcionar na forma de grupos de trabalho, ao todo serão 10 setoriais criativos que contarão com apresentação de  projetos específicos e práticas em conjunto. Os setoriais são: música; design; dança; teatro; artes visuais; arquitetura; audiovisual; tecnologia; estudos e pesquisa em cultura e cultura alimentar.

Cada setorial será coordenado por um profissional.  E o participante ainda poderá apresentar trabalho/experiência sobre um dos setores criativos do evento. Durante a inscrição o interessado deve observar que haverá um item específico sobre apresentação de trabalhos. Basta explicar um pouco do trabalho/experiência na ficha de inscrição e a equipe do evento entrará em contato para confirmação.

Para se inscrever, o interessado deve acessar o site do evento (www.amazoniacriativa.com), preencher o formulário com seus dados pessoais e gerar um boleto no valor de R$50,00 que também pode ser pago no cartão de crédito. Estudantes pagam meia, mediante comprovação na entrada do evento. O período das inscrições é do dia 24/05 até o dia do evento, ficando a cargo do número máximo de participantes por GT. A inscrição garante participação em todas as atividades do encontro durante os dois dias.

Será um momento de conhecimento e reconhecimento dos atores sociais que estão movimentando a esfera da Criatividade humana que envolve cultura e técnica. A programação, além dos GTs, está voltada também às palestras, oficinas e apresentações artísticas (teatro, dança e shows musicais).

Ao final de cada dia o clima fica mais descontraído com as apresentações artísticas. Será um espaço para fazer network e trocar experiências fora das salas. Uma das programações artísticas já confirmadas é o show do guitarrista Lucas Estrela e Uaná System, que também estarão recebendo o músico Robertinho Barreto, guitarrista e fundador da banda Baiana System (BA).

Contaremos também com Feirinha Criativa (artesanato, moda e acessórios), Feirinha da Broca e Food Trucks.

Como forma de valorizar a cultura criativa da região, Lorena Saavedra, coordenadora geral do encontro explana sobre por em voga a capacidade criativa do Norte “A Amazônia merece ampliar seus horizontes criativos. Numa região onde a tradicional se mistura com uma cultura repleta de cores,

vibrações, sons, ritmos, etc, conhecer e reconhecer atores criativos é que o nos dará uma ampla e forte visão do que de fato a nossa cidade é e pode ser!

Dessa forma, conseguiremos fortalecer a Economia Criativa da Amazônia.

O I Encontro Amazônico de Economia Criativa tem coordenação da produtora cultural Lorena Saavedra e é fruto de diversas encontros com Ed Guerreiro (músico, produtor e pesquisador em Direitos Autorais), Junior Oliveira (Docente da Universidade Estácio em Economia Criativa), Melissa Barbery (Coordenadora do curso de Artes Visuais da Unama), Thiago Kunz (Diretor Executivo do Fab Lab Belém) e Vitor Blanco (Arquiteto, idealizador do projeto Papo de Arquiteto), que juntos estão criando o coletivo Amazônia Criativa, onde ninguém sabe nada e todos entendem de alguma coisa, e juntando essas algumas coisas, construímos muitas, como eles próprios se definem.

O projeto conta com o Patrocínio do Banco da Amazônica, através do Edital Cultural 2017, apoio do Governo do Estado, através do espaço das Oficinas Curro Velho, e parceria da Rede de Economia Criativa Brasil (REC Brasil) e Solar Colaborativo.

Sobre Rose Meusburger

Veja também

Sebrae oferece curso on-line gratuito sobre economia criativa

Disponível gratuitamente no YouTube, o curso nasceu de uma dissertação de mestrado na Universidade de Coimbra, em Portugal. Israel Jorge, analista da Universidade Corporativa Sebrae, (membro associado REC-Brasil) é quem realizou o mestrado e comanda as aulas. Os vídeos foram produzidos para disseminar o conhecimento desenvolvido.