segunda-feira , 18 dezembro 2017
Início >> Inovação >> Armazém da Criatividade é inaugurado no Agreste. Unidade em Caruaru foi a primeira do plano que integra as unidades descentralizadas no interior do Estado

Armazém da Criatividade é inaugurado no Agreste. Unidade em Caruaru foi a primeira do plano que integra as unidades descentralizadas no interior do Estado

Mariana Fabrício – Diario de Pernambuco

Publicação: 16/10/2015 17:14

o Armazém Criativo tem estrutura de 1,8 mil metros quadrados e teve o investimento de R$ 6,24 milhões financiados pelo Governo do Estado. Foto: Mariana Fabrício/DP/D.A Press
o Armazém Criativo tem estrutura de 1,8 mil metros quadrados e teve o investimento de R$ 6,24 milhões financiados pelo Governo do Estado. Foto: Mariana Fabrício/DP/D.A Press

O Porto Digital inaugurou na manhã desta sexta-feira o Armazém da Criatividade no município de Caruaru, Ageste do Estado. A iniciativa é parte do projeto de expansão do parque tecnológico. O espaço, localizado no polo comercial da cidade, atende os segmentos de moda e design numa estrutura que compreende núcleo empresarial, arenas multifuncionais, estúdios de foto e vídeo, impressão 3D, coworking, além de incubação de 25 empresas. A estrutura moderna se destaca em meio ao tradicional polo de confecções e chega como incentivo à economia criativa e competitividade local.

Unindo forças com o polo têxtil da região, setor produtivo de maior importância econômica do Agreste, o Armazém Criativo tem estrutura de 1,8 mil metros quadrados e teve o investimento de R$ 6,24 milhões financiados pelo Governo do Estado. A ideia é reunir todo processo que envolve o segmento desde a criação, prototipação ao editorial de moda. Para facilitar o acesso a linhas de crédito especiais para as iniciativas, a estrutura ainda abriga uma unidade da Agência de Fomento do Estado (AGEFEPE). “O Armazém é uma plataforma de inovação e empreendedorismo e propõe mais dinamismo e inovação em uma realidade com base econômica mais tradicional. Muitas vezes o mercado não absorve os jovens com qualificação e eles procuram outras cidades para trabalhar. Então essa estrutura vai oferecer o ambiente necessário para eles se desenvolverem”, explicou o presidente do Porto Digital, Francisco Saboya.

O Armazém do Agreste abre oportunidade para cerca de 30 mil empresas de tecnologia criativa que atuam com a presença maciça de jovens profissionais. Um exemplo é a empresa que será incubada no Armazém, Phytoplankton, liderada pelos designers Mannu Guennes, de 24 anos, e Otávio Gomes, 22. O projeto nasceu ainda na graduação e é especializado em estamparia têxtil para moda e decoração. “Me formei aqui na cidade e fui estagiar no exterior, mas não via oportunidade de trabalho aqui na minha cidade. Há um ano ficamos sabendo que o Porto estava vindo para cá e essa é uma chance tanto para os jovens capacitados, como para o mercado se desenvolver”, conta Mannu Guennes.

Para suprir a demanda de conexão, tanto do espaço do Porto Digital, como da região, a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia Melo, anunciou o investimento em 60km de cabo ótico que vai dar conta de 1GB. O projeto foi feito através da Rede Nacional de Pesquisa e ainda não foi divulgado qual a empresa privada fará parceira. “Já temos tudo estruturado, os cabos já estão aqui na cidade. Esse investimento vai promover a troca de informações entre as unidades de estudo e o Armazém, provocando integração entre eles, o que é muito saudável para o ambiente de inovação”, explica a secretária.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, esteve no evento no Agreste. Foto: Roberto Pereira/SEI
O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, esteve no evento no Agreste. Foto: Roberto Pereira/SEI

“A agenda da industrialização ajuda no desenvolvimento econômico e gera emprego e renda. Mas o estado também precisa investir em inovação e por isso nosso papel é buscar a economia do conhecimento, da produtividade para tornar Pernambuco mais competitivo. O desafio de levar ciência e tecnologia para o interior de Pernambuco é um papel difícil, mas também muito importante e a experiência aqui em Caruaru, não tenho dúvida, será replicada em muitas outras regiões do estado e até do país”, afirmou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

Outro empreendimento previsto também pelo Porto Digital e que integra as unidades descentralizadas é o Armazém da Criatividade do Sertão, que será aberto em Petrolina. Inicialmente previsto para abrir em julho, o espaço não tem previsão de entrega. Segundo o governador Paulo Câmara, o motivo é o contingenciamento de recursos. A unidade irá oferecer espaços com maior investimento em exibição audiovisual e games.

Sobre Rose Meusburger

Veja também

Plástico de manga mostra como é difícil produzir inovação no Brasil

Foram três anos de trabalho e 30 pesquisadores de quatro instituições para chegar à formulação de um plástico biodegradável feito utilizando caroço de manga. O Brasil é o maior produtor mundial da fruta, superando 1 milhão de toneladas por ano. Desses, até 60% vira resíduo da indústria de sucos e polpa de fruta. Até então, no entanto, não tinha muito o que fazer com tudo aquilo que sobrava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *